Categoria

Pensamentos da Mãe

Aceitar os filhos como eles são 

Dizem que os pais de hoje não sabem educar. Que deixam fazer tudo. Que não sabem impor limites. Que seguem essas “modernices da disciplina positiva”. Eu não consigo ver isso. Apenas vejo pais cada vez mais nervosos. Sempre a colocar… Continuar a ler →

Quando é que as pessoas deixaram de ser cívicas? 

Estou longe de ser das pessoas mais implicantes com este tema. Respeito as prioridades, dou a minha vez sempre que vejo alguém que precisa, e tento exigir o mesmo, mas sem grandes dramas ou cenas! Mesmo quando estava grávida, jamais… Continuar a ler →

E se fosse comigo? 

Podíamos ser nós. Podia ser a minha família. Os meus dois filhos que mal começaram agora a viver. Tenho tantos sonhos. Imagino-os pela vida fora, faço planos para nós. Vamos mudar de casa em breve, ainda estou indecisa entre a… Continuar a ler →

Não suporto ouvi-la chorar 

As pessoas que nos conhecem e que apenas vão vendo a Laura de tempos a tempos, comentam sempre que ela é uma bebé pacata, que não chora, que não dá trabalho.  Mas a verdade não é essa. A Laura é… Continuar a ler →

Tenham calma!

Pedem-me que seja mãe, mulher, amiga, filha, companheira, trabalhadora numa qualquer empresa por aí. Não existe um único dia em que não receba um palpite sobre mim. Sobre a minha vida. Acerca das minhas escolhas. Não faz mal. Eu entendo…. Continuar a ler →

Garras de mãe

Tenho dado por mim a pensar nas alterações que ser mãe provocou na minha vida. São tantas. Sou, sem dúvida alguma, uma pessoa diferente. Não sei se sou melhor, eu acredito que sim, mas sou, pelo menos, muito diferente de… Continuar a ler →

Ela não sabe esperar 

Sim, eu adoro estar em casa com a minha filha a tempo inteiro. Sim, foi uma escolha minha e nunca me arrependi. Sim, eu já disse várias vezes que foi o melhor que me aconteceu e que não troco isto… Continuar a ler →

Primeiras vezes

Adoro viver algo pela primeira vez. Adoro esta sensação maravilhosa de poder assistir a muitas “primeira vez” dos meus filhos. A simplicidade das crianças que nunca mais se repete. A primeira vez que nos olham, a primeira vez que sorriem… Continuar a ler →

Terríveis 2 e doces 3

Será mesmo assim?  O Gui fez 3 anos e acho que está cada dia mais meigo, mais doce. Ok, ok, eu sei, isto tem dias! Hoje estou a dizer isto e amanhã já estou a contar até 100 mil para não… Continuar a ler →

30

3 décadas. 30 anos. Nunca mais vou dizer tenho “vinte e”. Dizem que os 30 são os novos 20, mas eu estou a ter dificuldade em ver isso. Não me sinto com 20 anos, mas definitivamente também ainda não me… Continuar a ler →

© 2017 No Colo da Mãe

Up ↑