Categoria

Pensamentos da Mãe

O dia mais feliz de julho

Os meus filhos conhecem bem a saudade. Dizem que são apenas crianças, que são pequenos, desde bebés que ouço isso. Mas eu tenho filhos que se apegam, ao ponto de eu desejar que fosse um pouco menos para que não… Continuar a ler →

Ir

Hoje o Gui verbalizou tão bem o que sentia. “Não quero que vás. Vou ter saudades tuas. Tenho medo que não voltes” Tem 5 anos e os sentimentos começam a fazer sentido na cabeça dele. Já tem receio que eu… Continuar a ler →

32

Fiz 32 anos. Já não recebo parabéns quando passa a meia-noite, a essa hora dormia profundamente no sofá, a ver a mesma série de sempre, nunca passo do mesmo episódio. Acordei com os meus filhos abraçados a mim, eufóricos com… Continuar a ler →

Tempo

Todos os dias penso que precisava de mais tempo. Na verdade acho que não aguentava mais horas de um dia, mas sinto sempre que podia fazer mais. Deito-me todos os dias com a sensação que deixei quase tudo por fazer…. Continuar a ler →

Okapi

(Texto escrito no dia em que lancei a Okapi) Se um dia me dissessem, talvez eu me risse. Assim, sem hesitar. Às vezes rimos do futuro, ainda antes de sabermos que ele um dia se torna presente. Ainda antes de… Continuar a ler →

No colo do pai

Há quase 5 anos, na primeira noite que fiquei sozinha com o nosso filho, liguei-te às 2h da manhã porque não conseguia que ele arrotasse depois de mamar. Eras sempre tu que fazias isso. Tu já tinhas mudado tantas fraldas,… Continuar a ler →

Eu paro

Se eles me chamam, eu paro. Sinto a pressão de ter tanto por fazer. Sinto a adrenalina de fazer algo que gosto, mas que exige muito de mim. Estou atrasada, olho para o relógio e fecho os olhos com força…. Continuar a ler →

Eu não imaginava

Sempre quis ser mãe e sempre me imaginei a ser mãe. Não sabia que seria mãe no dia em que fui mãe, mas isso é outra história. Assim que soube que estava grávida disse que era um menino. Não adivinhei,… Continuar a ler →

Ai de ti que morras

Apetece-me dizer-te isso às vezes. Quando te observo a pele mais enrugada, ou quando te vejo repetir uma coisa que já me tinhas dito antes. Vêm-me à memórias as conversas de criança, quando eu te perguntava quando ias morrer, tu… Continuar a ler →

Hoje não te vou largar

Desculpa quando me esqueço de te dizer que tenho tanto orgulho em ti, devia dizer-te todos os dias. Desculpa se há dias em que te dou menos abraços apertados, se te faço sentir a pressa do tempo. Desculpa quando te… Continuar a ler →

© 2019 No Colo da Mãe

Up ↑